Provérbios da letra A
As favas, Maio as dá, Maio as leva
As obras falam, as palavras calam
As palavras são como as cerejas, vêm umas atrás das outras
As palavras voam, a escrita fica
As paredes têm ouvidos
As sopas e os amores, os primeiros são os melhores
Assim como vires o tempo de Santa Luzia ao Natal, assim estará o ano mês a mês até final
Até ao lavar dos cestos é vindima
Até ao Natal um saltinho de pardal
Atrás de mim virá, quem de mim bem dirá