Provérbios da letra C
Com vento se limpa o trigo, e os vícios com castigo
Come pouco e bebe pouco, e dormirás como um louco
Comer e coçar, o mal é começar
Comer laranjas em Janeiro, é dar que fazer ao coveiro
Comida fina em copos grossos faz mal aos ossos
Como canta o galo velho, assim cantará o novo
Como fizeres, assim acharás
Contra a força, não há resistência
Contra factos, não há argumentos
Criado que faz o seu dever, orelhas de burro deve ter