Provérbios da letra P
Para palavras loucas, orelhas moucas
Parar é morrer
Patrão fora, feriado na loja
Peixe não puxa carroça
Pela boca morre o peixe
Pelo andar da carruagem vê-se logo quem lá vai dentro
Pelo São Martinho, deixa a água pró moinho
Pelo voo se conhece a ave
Perdido por cem, perdido por mil
Por São Vicente, toda a água é quente