Provérbios de Amor
Amor de pais não há jamais
Velho e namorado, cedo enterrado
Quem tem amores, tem dores
Não há luar como o de Janeiro nem Amor como o primeiro
Não há amor como o primeiro