Provérbios de Vinho
Vindima molhada, pipa depressa despejada
Vinho verde em Janeiro, é mortalha no telheiro
Em Agosto, nem vinho nem mosto
Maio frio e Junho quente: bom pão, vinho valente